Município de Coimbra com Plano Municipal para Vagas de Frio

Publicidade
Publicidade

A Câmara de Coimbra (CMC) irá apreciar e votar, hoje, o Plano Municipal de Contingência para Vagas de Frio 2015/2016, que funcionará entre 1 de Novembro de 2015 e 31 de março de 2016.

Na época transata, este plano “permitiu apoiar, com cerca de uma centena de dormidas, pessoas em situação de sem-abrigo, permitindo uma resposta efetiva, eficaz e atempada às necessidades surgidas, bem como a proteção e segurança dos cidadãos em situação de vulnerabilidade mais extrema”, revela a autarquia em comunicado.

Especialmente dirigido às pessoas mais desprotegidas, nomeadamente sem-abrigo e idosos, além da distribuição de cobertores e sacos-cama, o plano de contingência prevê a colocação de pessoas vulneráveis, caso estas concordem, nas instalações das instituições que fazem parte do plano.

Num último patamar, é ainda possível encaminhar estas pessoas para alojamentos temporários.

Depois de aprovado o plano, as várias entidades envolvidas ficam no nível Azul, de vigilância.

Já o nível Amarelo implica uma situação de risco onde são previsíveis efeitos sobre a saúde, sendo que o critério para emissão de aviso meteorológico para o distrito de Coimbra refere para este nível uma duração superior ou igual a 48 horas na qual se registem temperaturas mínimas entre -1° e -3° C. Segue-se o nível laranja, que configura uma vaga de frio.

Neste caso são esperadas consequências graves em termos de saúde, sendo que o critério para emissão de aviso meteorológico para o distrito de Coimbra refere uma duração superior ou igual a 72 horas com temperaturas mínimas no intervalo de -4° a -5° C.

Por último, o nível vermelho traduz-se numa vaga de frio grave. Aqui são esperadas consequências muito gravosas em termos de saúde e mortalidade, sendo que o critério para emissão de aviso meteorológico para o distrito de Coimbra refere uma duração superior ou igual a 96 horas com temperaturas mínimas inferiores a -5° C.

Estão envolvidos neste Plano de Contingência para as Vagas de Frio, o Serviço Municipal de Proteção Civil, Divisão de Ação Social e Família da CMC, Polícia Municipal, Companhia de Bombeiros Sapadores, Equipas de Rua e Centros de Abrigo, PSP, GNR, Juntas de Freguesia, Forças Armadas, Bombeiros Voluntários de Coimbra e Bombeiros Voluntários de Brasfemes.

Fonte: Centro TV.

Commentários

Commentários