Ministra da Administração Interna Atribui Louvor a Ex-Comandante da ANPC

Publicidade
Publicidade

A ministra da Administração Interna atribuiu um louvor ao ex-comandante operacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) José Manuel Moura pelo “extraordinário desempenho e competência técnica e profissional evidenciada” durante os mais quatro anos no cargo.

O louvor a José Manuel Moura, que deixou o cargo de comandante nacional de operações de socorro da ANPC em dezembro de 2016 para ser substituído por Rui Esteves, foi hoje publicado em Diário da República.

“Assumindo as exigentes funções de Comandante Operacional Nacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil, em dezembro de 2012, desde logo se destacou pela sua permanente disponibilidade e forte determinação que empregou na prossecução dos objetivos definidos para essa autoridade”, escreve a ministra Constança Urbano de Sousa no louvor, destacando a “capacidade de iniciativa e de decisão esclarecida”, além de uma “excelente formação e conhecimentos operacionais”.

A ministra refere também que José Manuel Moura “contribuiu de forma relevante para a consolidação do Sistema Integrado de Operações de Socorro”.

“Pelo notável conjunto de atributos pessoais e profissionais, reiteradamente evidenciados ao longo do tempo em que, revelando extraordinária competência desempenhou as suas funções, é José Manuel Moura digno de ver enaltecido o contributo que ofereceu para a eficiência, prestígio e cumprimento da missão, classificando os serviços por si prestados à Autoridade Nacional de Proteção Civil e a Portugal como extraordinariamente importantes, relevantes e muito distintos”, lê-se ainda no louvor.

A proposta de substituição de José Manuel Moura por Rui Esteves foi feita pelo novo presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil, Joaquim Leitão, que tomou posse em outubro de 2016, e aceite pelo Ministério da Administração Interna.

Fonte: Lusa

Commentários

Commentários