Bombeiros de Salvaterra Só Receberam Ordenado ao Fim de 10 Dias

Publicidade
Publicidade

 Ao contrário do que foi veiculado pela direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos e do que foi publicado nos órgãos de comunicação social (que nos dias 7 e 8 de Julho anunciavam que o pagamento já teria sido efectuado), só hoje, dia 12 Julho, é que o pagamento dos ordenados foi feito na sua totalidade.

O Sindicato Nacional de Bombeiros Profissionais tem vindo a acompanhar com preocupação a situação vivida pelos bombeiros profissionais da Associação de Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos devido ao atraso no pagamento dos ordenados deste mês.

Só na 2º Feira, dia 10 de Julho, é que grande parte do efectivo recebeu os vencimentos e subsídios de almoço, faltando apenas acertar o pagamento de dois bombeiros, em que num caso faltava o vencimento e noutro o subsídio de alimentação.

A situação ficou totalmente regularizada apenas no dia de hoje, 12 de Julho, o que consideramos lamentável, tendo em conta os constrangimentos e as dificuldades pessoais causadas aos bombeiros profissionais desta corporação, que não conseguiram durante dez dias fazer frente às suas despesas, devido à atitude assumida pela direcção, de não lhes pagar os ordenados.

Uma atitude que, de resto, causou estranheza a este sindicato e aos bombeiros, uma vez que a autarquia de Salvaterra de Magos tinha já tornado pública a disponibilização de verbas para a Associação Humanitária de Salvaterra de Magos, com vista ao pagamento dos vencimentos dos seus bombeiros.

O SNBP vai continuar a defender os bombeiros profissionais, a nível nacional, para que situações como não aconteçam.

 

Commentários

Commentários