Jaime Marta Soares: “Não Há Comando Único Nenhum, Isso é Conversa”

Publicidade
Publicidade

Jaime Marta Soares, presidente do conselho executivo da Liga de Bombeiros Portugueses afirmou em Pedrogão Grande, por ocasião de uma sessão extraordinária, promovida pela Comissão dos Direitos Humanos, Questões Sociais e Assuntos da Natureza da Ordem dos Advogados que “o que falta é, efetivamente, dar à ANPC aquele que deve ser o seu papel, que é de um órgão coordenador. Em qualquer país da Europa e do mundo, é de coordenação, só em Portugal é que comanda”.

Jaime Soares vai mais longe e garante que a ANPC “só comanda os bombeiros que são estruturas que pertencem à sociedade civil, às associações humanitárias e às câmaras municipais”.

Aquele responsavel disse ainda que a esta estrutura se trata de algo “super-caro e com demasiadas gorduras, que davam para que os bombeiros vivessem bem melhor do que vivem”, e prossegue “fala-se em comando único, não é verdade. Não há comando único nenhum, é conversa e isso até se alterou para pior. Queremos uma direção-geral de bombeiros autónoma, com orçamento próprio e que a nossa estrutura comece e acabe o comando nos galões do comandante”.

Commentários

Commentários