Governo Prolonga o Período Critico até 15 de Outubro

Um helicóptero "Kamov" participa no combate ao incêndio que afeta uma floresta em Souto Velho, Torre de Moncorvo, 10 de julho de 2013. JOSE COELHO / LUSA
Publicidade

No âmbito do Sistema de Defesa da Floresta contra Incêndios, o Governo decidiu prolongar o período crítico de incêndios até ao próximo dia 15 de outubro.

Publicidade

Numa nota enviada às redações, o Executivo justifica a decisão devido a “circunstâncias meteorológicas excecionais prováveis para a primeira quinzena de outubro”, pelo que serão prolongadas as “medidas e ações especiais de prevenção de incêndios florestais”.

Nesse sentido, durante o período crítico de incêndios, nos espaços florestais ou agrícolas, é proibido fumar, fazer lume ou fogueiras, fazer queimas ou queimadas, lançar foguetes e balões de mecha acesa, fumigar ou desinfestar apiários, bem como fazer circular tratores, máquinas e veículos de transporte pesados que não tenham extintor, sistema de retenção de fagulhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés.

O período crítico de incêndios deveria terminar amanhã, sábado, mas o Governo teve em conta as temperaturas elevadas e a baixa probabilidade de ocorrência de precipitação, pelo que o risco de incêndio mantém-se em nível elevado.

A fase ‘Charlie’ começou no dia 1 de julho, sendo que os meios foram reforçados devido à tragédia de Pedrógão Grande, a 17 de junho, que provocou a morte de 64 pessoas e ferimentos em 200.

No balanço feito até ao momento, há registo de mais de 230 mil hectares de área ardida, a maior da última década e a terceira desde que há registos.

In Noticias ao Minuto

Commentários

Commentários