AHBVC: Balanço da Corrida e Caminhada Solidaria

Publicidade

O número de inscritos na Corrida e Caminhada Solidária, realizada no último domingo, 17 de junho, é a maior prova do sucesso desta iniciativa organizada pelo quinto ano consecutivo, com o objetivo de angariar fundos a favor dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede. Ao todo, a prova juntou quase 400 participantes, 98 dos quais atletas na Corrida.

“O número de atletas na Corrida quase que duplicou em relação ao ano passado. Para além das representações das equipas da região, entre as quais a Academia de Atletismo da Praia de Mira, que arrecadou o prémio atribuído à equipa mais numerosa, a prova contou com a presença diversos atletas de fora, como é o caso da equipa do CCRD Burinhosa, Leiria”, congratula-se Adérito Machado, presidente da Direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede.

A Academia de Atletismo da Praia de Mira foi o vencedor da prova, na classificação por equipas, seguida do DCI da Pedrulha, em segundo, e do CCRD Burinhosa, em terceiro.

Paralelamente, subiram ao pódio Andreia Silva, da Academia de Atletismo da Praia de Mira (1.º lugar em seniores femininos), Sara Oliveira, do DCI da Pedrulha (2.º lugar em seniores femininos), Daniela Santos, da Academia de Atletismo da Praia de Mira (3.º lugar em seniores femininos), Aricson Gomes e Alexsandro Varela, ambos da Academia de Atletismo da Praia de Mira (respetivamente 1.º e 2.º classificado em seniores masculinos), Nuno Mendes, o CCRD Burinhosa (3.º lugar em seniores masculinos), Odeta Cruz e Rosa Santos, ambas da Academia de Atletismo da Praia de Mira (respetivamente 1.º e 2.º classificadas em veteranos femininos), Sara Martins, do CluVe (3.º lugar em veteranos femininos), João Pereira, da Academia de Atletismo da Praia de Mira (1.º classificado em veteranos masculinos 1), Alberto Fonte, da ADREP (2.º lugar em veteranos masculinos 1), Carlos, da Lusoteam (3.º lugar em veteranos masculinos 1), Messias Dias, do DCI da Pedrulha (1.º lugar em veteranos masculinos 2), Orlando Pires, da Formobiketrailrunning (2.º lugar em veteranos masculinos 2), José Figueira, do CCRD Burinhosa (3.º lugar em veteranos masculinos2), João Paulo Almeida e Vítor Oliveira, ambos do DCI da Pedrulha (respetivamente 1.º e 2.º lugares em veteranos masculinos 3) Paulo Duarte, do CCRD Burinhosa (3.º lugar em veteranos masculinos 3), Adérito Curto (1.º lugar em veteranos masculinos 4), José Batata (2.º lugar em veteranos masculinos4), Rui Ventura, do CCRD Burinhosa (3.º lugar em veteranos masculinos 4), José Rato, do CCRD Burinhosa (1.º lugar em veteranos masculinos 5), Manuel Rodrigues Manso (2.º lugar em veteranos masculinos 5) e Narciso Arromba (3.º lugar em veteranos masculinos 5).

Como habitualmente, foram ainda distinguidos o primeiro bombeiro a passar a meta da corrida, Paulo Figueira, o atleta mais velho em prova, Manuel Rodrigues Manso, com 72 anos, o atleta mais novo, André Daniel Costa, e o último atleta a atravessar a meta, Luís Arromba.

À semelhança das edições anteriores, a 5.ª Corrida e Caminhada Solidária foi “uma grande festa” e uma “clara demonstração de apoio da população aos Bombeiros de Cantanhede”.

A prova começou com uma aula de zumba promovida por Xana Nora, para aquecimento, a que se seguiu a caminhada de quatro quilómetros pelas principais ruas da cidade de Cantanhede. Seguiu-se a corrida de oito quilómetros. No fim, e como é já tradição, houve sopas e sandes para todos os participantes, tendo sido no decurso de este lanche convívio que foi feira a entrega de prémios aos vencedores da corrida e o sorteio de prémios entre todos os participantes.

Para a edição de 2019 desta iniciativa, cuja realização será no terceiro ou quarto fim de semana de junho), o objetivo, salienta Adérito Machado, é triplicar o número de inscritos na Caminhada, de modo a ultrapassar a fasquia dos mil participantes.

Commentários

Commentários