IR: Braga Preocupa Protecção Civil

imagem ilustrativa
Publicidade

Os incêndios rurais em Portugal, voltam a trazer problemas à Protecção Civil e aos bombeiros.

As varias situações no distrito de Braga tem-se mostrado muito difíceis de resolver, com especial enfoque para o Concelho de Vila Verde, onde tem existido diversas ignições durante a última semana.

O incêndio que neste momento mobiliza mais meios, é o que se localiza na localidade de Igreja, Freguesia de Vade, onde se encontram 162 combatentes, apoiados por 47 meios terrestres e um meio aéreo, pertencente a 5 entidades.

Conta já com a presença e/ou transito de vários meios de reforço, nomeadamente o GREL 01 da FEB, a EAUF 02 da FEB, a CATA do GIPS/GNR – Mirandela, do GRIF 01 de Coimbra e da CATA GIPS/GNR – Viseu.

O incêndio tem neste momento duas frentes ativas.

Também em Braga, mas no Concelho de Vizela lavra um incêndio que tem neste momento um frente ativa e possui a trabalho, 123 operacionais, 34 viaturas e 3 meios aereos pertencentes a 3 entidades.

Existe ainda um outro incêndio no Concelho de Vila Verde (lugar de Aboim da Nobrega) que inspira algumas preocupações, uma vez que tem duas frentes ativas e lavra em local de difícil acesso. No local estão 99 operacionais, apoiados por 31 viaturas e 2 meios aereos.

Contam neste momento com o reforço do GRIF 01 de Lisboa, da CATA GIPS/GNR – Aveiro e da EAUF 01 da FEB.

Naquela região faz-se sentir uma humidade relativa do ar muito baixa, com valores entre 5% e 10% e 25 a 30 graus de temperatura. O vento sopra a cerca de 10/15 km/h.

Commentários

Commentários