Bombeiros Voluntários de Cuba: Comunicado à População

Publicidade

SUSPENSÃO DA ATIVIDADE DO CORPO DE BOMBEIROS DE CUBA

1. Referem os estatutos da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cuba que “A Associação tem como escopo principal a proteção de pessoas e bens, designadamente o socorro a feridos, doentes ou náufragos e a extinção de incêndios, detendo e mantendo em atividade, para o efeito, um Corpo de Bombeiros voluntário ou misto, com observância do definido no regime jurídico dos corpos de bombeiros e demais legislação aplicável”.

2. Ao longo do último mandato tem-se vindo a degradar a ação dos órgãos dirigentes, eleitos para representar a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cuba, colocando em causa a manutenção da atividade do seu corpo de bombeiros, conforme previsto nos estatutos da Associação, num claro prejuízo estatutário, funcional e operacional.

3. Na última semana, e em consequência da postura continuada dos órgãos dirigentes, que têm deixado a Associação ao abandono, a situação agudizou-se, tendo atingido uma dimensão insustentável para os nossos bombeiros, levou a que parte do Corpo Ativo manifestasse a sua indisponibilidade para prestarem qualquer serviço, enquanto a situação se mantiver.

4. Tal situação, não permite ao Corpo de Bombeiros de Cuba manter a sua atividade principal, que é o socorro à população, perigando a sua operacionalidade, uma vez que os elementos restantes, disponíveis para o serviço, são manifestamente insuficientes para cumprir todas as escalas de serviço.

5. Assim, cumpre-me informar que, a partir das 20h00 do dia 01 de maio, o Corpo de Bombeiros Voluntários de Cuba não dispõe de recursos para atender a quaisquer solicitações que lhes sejam endereçadas durante o período noturno e fim de semana.

6. É nosso desejo que esta situação volte à normalidade com a maior brevidade, para bem da população que orgulhosamente servimos.

Quartel em Cuba,

O Comandante do Corpo de Bombeiros de Cuba

José Galinha

Commentários

Commentários