JMS: “Não se confunda a árvore com a floresta”

Fotografia: Sérgio Santos
Publicidade

A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) tomou conhecimento da detenção de dois cidadãos, bombeiros, suspeitos de fogo posto, e entende que, nessa como em tantas outras matérias, não se deve nem se pode confundir a árvore com a floresta.

A LBP defende intransigentemente todos os bombeiros e reconhece e reivindica que a sociedade lhes deve prestar um tributo pela missão única que desempenham na defesa dos seus semelhantes. Essa é a essência do bombeiro e do seu papel fundamental na sociedade. E são muitos milhares, mulheres e homens, que seguem e põem em prática diariamente esse princípio: A vida do outro Homem seu irmão acima da sua própria vida.

Contudo, a LBP entende que os bombeiros, antes de o ser e antes de mais, são cidadãos como quaisquer outros, com direitos e deveres para com a sociedade e nenhum está dispensado de assim proceder. Isso quer dizer que qualquer cidadão, seja ou não bombeiro, está obrigado a proceder com retidão, respeito e civismo e quem o não fizer estará sujeito ao exercício da justiça e da lei.

E caso as suspeições que recaem sobre os referidos bombeiros se confirmem, terão que o assumir e pagar pelos seus erros. Ninguém está acima da lei.

Lisboa, 19 de setembro de 2019

O Presidente

Jaime Marta Soares Comandante

Commentários

Commentários