Relatório e destaques do Grande Prêmio da Itália FP1 de 2022: Leclerc lidera Sainz para a Ferrari por 1-2 na abertura do treinamento de Monza

Charles Leclerc pilotou uma dobradinha da Ferrari na primeira sessão de treinos do GP da Itália deste fim de semana, liderando o cronograma à frente do companheiro de equipe Carlos Sainz e dos pilotos da Mercedes.

Leclerc estabeleceu o padrão de 1m 22.410s, no pneu macio, para liderar Sainz por 0,077 segundos – com George Russell completando os três primeiros, pouco menos de três décimos mais lento que o monegasco.

LEIA MAIS: Verstappen, Hamilton, Sainz e mais se preparam para impor penalidades ao motor e à grade da caixa de câmbio de Monza

Lewis Hamilton – marcado para um pênalti por trás em Monza – foi o quarto jogador mais rápido, décimo atrás de seu companheiro de equipe Silver Arrows.

Max Verstappen foi o quinto mais rápido – embora o holandês tenha ficado atrás de Lando Norris no clipe final da volta rápida. No entanto, o piloto da Red Bull foi mais rápido que o resto do pelotão com o pneu duro.

1


Carlos
Leclerc
LEC
Ferrari

1: 22.410

2


Carlos
Sinais
Autoridade Suprema para Controle Financeiro e Responsabilidade
Ferrari

+ 0,077 segundos

3


Jorge
contato
russos
mercedes

+ 0,279 segundos

4


Louis
Hamilton
carne de porco
mercedes

+ 0,421 segundos

5


o de cima
Verstappen
VER
Corrida Red Bull

+ 0,430 segundos

Esteban Ocon terminou em sexto nesta sessão, logo à frente de seu companheiro de equipe Alpine Fernando Alonso em P7.

Yuki Tsunoda e Valtteri Bottas terminaram em oitavo e nono, respectivamente, para Alfauri e Alfa Romeo, e ambos os pilotos devem cumprir penalidades na corrida de domingo. Daniel Ricciardo completou o top dez para a McLaren.

LEIA MAIS: Por que as histórias de Ferrari e Monza estão tão interligadas, enquanto Leclerc e Sainz se preparam para um fim de semana importante

Alex Albon foi o décimo primeiro piloto mais rápido – a apenas dez segundos dos dez primeiros – na Williams, à frente de Zhou Guanyu, da Alfa Romeo, no P12.

Pierre Gasly, da AlphaTauri, foi chamado para o pit lane no início do TL1 devido a um problema técnico, embora tenha conseguido voltar e terminar em 13º.

Destaques do TL1: GP da Itália de 2022

O outro Red Bull de Sergio Perez teve problemas de DRS e, assim, terminou em 14º, logo à frente de Lance Stroll, da Aston Martin, com Lando Norris ficando em P16 com a McLaren.

Leia mais: Esta pista nunca foi boa para nós” diz Verstappen enquanto busca a primeira vitória em Monza

Kevin Magnussen e Antonio Giovannazzi da Haas – que teriam preenchido o nicho de Mick Schumacher – terminaram em 17º e 18º, respectivamente.

Nick de Vries – o substituto de Sebastian Vettel na Aston Martin – foi visto usando pistões pneumáticos na primeira parte da sessão e depois cronometrou bom o suficiente para 19, à frente de Nicholas Latifi, da Williams, em 20º.

READ  Schumacher é excluído do GP da Arábia Saudita após acidente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.