Um voo da United Airlines fez um pouso de emergência no aeroporto de Newark, em Nova Jersey, depois de sobrevoar o Oceano Atlântico

“Depois que nossa aeronave sofreu um problema mecânico logo após a decolagem, ela permaneceu no ar para queimar combustível e depois pousou com segurança”, disse a United em comunicado. Os passageiros desembarcaram no portão e um novo avião está programado para partir esta manhã.

A United Airlines disse que uma verificação inicial de manutenção indicou que havia um problema com a bomba hidráulica a bordo do voo, que transportava 256 passageiros no voo.

Faíscas voaram do avião enquanto ele subia após a decolagem, de acordo com um vídeo postado online que pretendia mostrar o voo.

A Administração Federal de Aviação está investigando o que aconteceu com o voo 149, que partiu do aeroporto de Newark na noite de quarta-feira e depois declarou estado de emergência. A Administração Federal de Aviação disse que o Boeing 777-200 tinha como destino São Paulo, Brasil, antes de retornar a Newark.

O sistema hidráulico do Boeing 777 gerencia os principais sistemas, como trem de pouso, flaps e freios. Existem três sistemas hidráulicos redundantes a bordo, o que significa que dois sistemas podem falhar e o avião ainda pode operar normalmente.

Dados de rastreamento de voo mostram que o avião sobrevoou o Oceano Atlântico para queimar combustível antes de retornar ao aeroporto cerca de duas horas após a partida.

A CNN entrou em contato com a Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey para comentar.

READ  A oferta de Elon Musk pelo Twitter provoca medo e raiva nos funcionários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.