BMW interrompe produção na Rússia e interrompe exportações para o país

BERLIM – A fabricante alemã de carros de luxo Bayerische Motoren Werke AG disse nesta terça-feira que parou de exportar carros para a Rússia e vai parar de montar veículos com um parceiro em Kaliningrado.

“Condenamos a agressão contra a Ucrânia e estamos acompanhando os acontecimentos com grande preocupação e consternação”, disse um porta-voz da BMW. “Devido à atual situação geopolítica, interromperemos nossa produção doméstica e exportaremos para o mercado russo até novo aviso”.

A BMW também disse que interrupções na cadeia de suprimentos, como o fechamento de algumas fábricas fornecedoras na Ucrânia, afetariam a produção em algumas fábricas.

A BMW decidiu há dois anos não construir sua própria fábrica em Kaliningrado e, em vez disso, forjou uma parceria com a montadora russa Avtotor, que monta carros BMW a partir de conjuntos semi-knockout.

Os kits contêm componentes do veículo e são montados em veículos operados em fábrica, uma prática comum na indústria automobilística quando não é economicamente viável operar uma planta completa.

A decisão da BMW ocorre depois que um número crescente de montadoras interrompeu fábricas na Rússia ou parou de vender carros lá depois que países ocidentais impuseram uma série de medidas econômicas e financeiras. Sanções em Moscou.

READ  S&P 500 fecha em baixa com dados de inflação quente apontando para alta acentuada da taxa do Fed

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.