Ferrari seria negligente ao deixar Sainz escapar, apesar do acordo com Leclerc

É intrigante que a confirmação oficial da Ferrari do tão esperado novo acordo de Charles Leclerc para pilotar pela equipe na Fórmula 1 não tenha sido acompanhada pelo anúncio de que Carlos Sainz também permaneceria.

A Ferrari também deve priorizar a assinatura deste novo contrato, já que tem uma grande lista de pilotos.



Você poderia argumentar que a Ferrari tem a melhor formação de pilotos na Fórmula 1, embora haja muito espaço para contestar isso. No entanto, um argumento mais forte poderia ser apresentado, e talvez irrespondível, de que é o mais maravilhosamente equilibrado, dadas as características da dupla que significam que eles formam uma combinação formidável.

A Ferrari nunca diria isso, mas Leclerc é considerado o piloto número um. Não porque ele tenha equipamentos melhores ou quaisquer atividades nefastas, mas simplesmente porque se acredita que ele seja o mais rápido dos dois. Aqueles que trabalham em equipas de Fórmula 1 estão conscientes desta ordem natural, por isso é uma questão de compreender isto, em vez de criar uma situação em que isto seja verdade.

No entanto, Sainz não fica muito atrás e está longe de ser lento. Enquanto Leclerc oferece uma velocidade tão extrema que alguns o consideram o piloto mais rápido da Fórmula 1, Sainz traz um conjunto diferente de habilidades e dá uma enorme contribuição técnica.

Além disso, há momentos em que as características do carro não são tão boas quanto o esperado, como se devesse estar um pouco subvirado, do qual ele pode se beneficiar mais do que Leclerc.

Aqui, é importante notar que Leclerc tende a ser um pouco mais rápido quando as características do carro mais rápido dominam essencialmente, então não se trata de favorecer um ou outro, mas sim de um momento difícil e tranquilo.

READ  Você espera que ele marque agora - Gareth Southgate sobre Bukayo Saka
Charles Leclerc e Carlos Sainz, Ferrari, Fórmula 1

Geralmente é uma maneira muito simples de analisar suas habilidades – mas é raro que haja um caso tão claro de uma formação de pilotos cobrindo as fraquezas uns dos outros.

E o fato de que eles não estão sendo honestos Fraquezas, mas em mais áreas onde pode não ser tão forte como em outras propriedades, informa o quão forte é a soma de suas partes. Se a Ferrari tivesse produzido uma máquina que realmente desafiasse o título, eles poderiam ter formado uma dupla formidável.

É por isso que a Ferrari parece estar desacelerando. Você pode entender por que ele iria querer manter as opções de mercado de motoristas abertas caso algo melhor aparecesse, e há algumas alternativas muito atraentes que estarão no mercado para 2025 de qualquer maneira, daí o desejo claro de oferecer apenas novas soluções de curto prazo para Sainz em vez de se contentar com o longo prazo, até que ponto ele anseia e o desejo de prolongar o processo.

O desejo de Sainz por estabilidade não significa necessariamente que ele precise de um enorme contrato de cinco anos – parece provável que o tradicional acordo ‘2+1’ (dois anos e uma opção) funcione para ele e também deve funcionar para a Ferrari. Embora existam opções atraentes em outros lugares que possam estar disponíveis, seria arriscado perder um piloto que traz tanto para a equipe.

Carlos Sainz, Ferrari, Fórmula 1

Além do mais, tem alternativas viáveis. Sabe-se que Stych o está perseguindo, e a operação Audi dirigida pela Sauber certamente lhe ofereceria muito dinheiro e um acordo de longo prazo que estabeleceria várias condições para Sainz – mas infelizmente não um acordo que garantisse as máquinas no topo.

READ  LeBron diz que a estreia de Bronny na USC tem precedência sobre o jogo do Lakers

Acredita-se que ele tenha percorrido outros lugares para explorar opções, já que as alternativas poderiam, na pior das hipóteses, fornecer parte da alavancagem necessária para encorajar a Ferrari a concordar com o acordo.

Ficar na Ferrari é sua primeira escolha. Mas está claro que Sainz não está disposto a ficar lá qualquer Termos – E ele pagará por algo que dure, que lhe dê máquinas para vencer corridas e que sem dúvida o recompensará bem financeiramente.

Carlos Sainz e Charles Leclerc, Ferrari, Fórmula 1

Este parece ser um jogo de vantagens contratuais para ambos os lados, com Sainz e Ferrari interessados ​​em continuar, mas o diabo está nos detalhes. Todos devem compreender que tais situações nem sempre são resolvidas como esperado ou esperado.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *