O estudo diz que o asteróide que matou os dinossauros também causou um tsunami global

O asteroide que encerrou a era dos dinossauros há sessenta e seis milhões de anos também foi criado.”enorme tsunami“cujas ondas cresceram mais de uma milha, de acordo com um novo estudo.

Os cientistas recriaram o efeito Chicxulub, um asteroide de 14 quilômetros de largura que não apenas eliminou os dinossauros, mas também a maioria das espécies e plantas da Terra. O estudo, publicado na AGU Advances, determinou os efeitos de tsunamis e inundações globais.

Os pesquisadores esperam que seu trabalho possa ser usado para fornecer informações sobre a geologia de um rio período Cretáceo.

“Este tsunami foi poderoso o suficiente para perturbar e erodir sedimentos em bacias oceânicas do outro lado do mundo, deixando uma lacuna nos registros sedimentares ou uma mistura de sedimentos antigos”, disse Molly Ring, pesquisadora principal do estudo na Universidade de Michigan. uma permissão.

Cientistas dizem que a nova espécie de dinossauro é a maior da Austrália

Um novo estudo indica que o asteróide Chicxulub causou a propagação do “megatsunami” ao redor do mundo.
(Esteban de Armas/Shutterstock)

Os pesquisadores simularam o enorme tsunami usando um programa de computador 3D chamado Código Hidráulico, que modelou os primeiros 10 minutos do evento, incluindo a formação da cratera, o início do tsunami e o impacto.

As simulações da equipe mostraram que o tsunami se espalhou para fora do Golfo do México e para o Oceano Atlântico Norte um após o impacto. Quatro horas depois, as ondas atravessaram a rota marítima da América Central até o Oceano Pacífico. 4 quarenta e oito horas depois Asteroide Chicxulub Caiu no chão, as ondas do tsunami chegaramassim todas as costas do mundo.

Fóssil de dinossauro de 103 milhões de anos encontrado em Oregon

READ  SpaceX lança missão de carga da estação espacial - Spaceflight Now

O asteróide pesava cerca de 2 quatrilhões de libras, tinha 8,7 milhas de diâmetro e tinha uma densidade de cerca de 165 libras por pé cúbico.

“Dependendo da engenharia costeira e das ondas avançadas, a maioria das áreas costeiras ficará submersa e erodida até certo ponto”, disseram os autores do estudo em comunicado. “Quaisquer tsunamis historicamente documentados empalidecem em comparação com esse impacto global.”

Acredita-se que as alturas das ondas do tsunami teriam aumentado quando atingiram as águas rasas, a velocidades superiores a 20 centímetros por segundo.

CLIQUE AQUI PARA O APP FOX NEWS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.