Todos os 10 skatistas se enfrentam no confronto inicial no início do jogo Devils-Rangers

NOVA YORK (AP) – O New York Rangers e o New Jersey Devils deram início ao jogo de quarta-feira à noite com uma briga envolvendo todos os 10 jogadores no gelo no confronto inicial.

O evento principal foi o atacante do Rangers, Matt Rempe, enfrentando Curtis McDermid, de Nova Jersey, já que eles têm uma história da última vez que os Devils visitaram o Madison Square Garden em 11 de março. Naquela noite, Rempe recusou a oferta de McDiarmid para lutar no início da luta. Mais tarde na disputa, Rempe tirou do jogo o outfielder do Devils, Jonas Siegenthaler, com uma cotovelada alta e foi posteriormente suspenso por quatro jogos.

Remby e McDermid tiveram a luta mais longa na quarta-feira, enquanto a batalha continuava no gelo central Depois das outras quatro batalhas Acabou. Quatro jogadores de cada equipe receberam uma má conduta de jogo dois segundos após o início do jogo.

“Foi ótimo ver o time responder assim e apoiar uns aos outros”, disse McDiarmid, que não disputou os últimos quatro jogos do New Jersey, mas estava no gelo para a estreia. “Tenho muito respeito por ele (Rimpy). Ele é um garoto tentando fazer o que quer. Eu entendo isso.”

Junto com Rempe, os zagueiros nova-iorquinos Jacob Trouba e Kandre Miller e o atacante Barclay Gaudreau foram expulsos do jogo. Os defensores de Nova Jersey Kevin Pahl e John Marino e os atacantes Chris Tierney e McDiarmid também foram eliminados precocemente.

O Rangers venceu por 4 a 3 com um gol de power play de Chris Kreider.

“Eu não tinha ideia de que isso iria acontecer. Foi impulsivo”, disse McDiarmid sobre as cinco lutas simultâneas.

Miller lutou contra Marino, Trouba lutou contra Tierney, Gaudreau foi contra Bahl e o atacante do Rangers, Jimmy Vesey, lutou contra Curtis Lazar, de Nova Jersey. Vesey e Lazar permaneceram no jogo porque lutaram primeiro e não receberam nenhuma penalidade adicional.

READ  USWNT x República Dominicana: notas e escalação do XI | Copa Ouro da CONCACAF 2024

“Havia muita coisa acontecendo. Cinco lutas para começar o jogo. Acho que ninguém esperava isso”, disse o técnico interino do Devils, Travis Green.

Green também trocou palavras com o técnico do Rangers, Peter Laviolette, entre os bancos após a luta.

“Não tenho ideia de por que Peter estava chateado”, disse Green. “Os seus jogadores faziam fila para lutar antes do jogo. Todos sabemos porque é que isto aconteceu esta noite. Algo aconteceu no jogo anterior.”

Todos os dez jogadores também receberam penalidades de combate de cinco minutos.

Will Coyle, de Nova York, então lutou contra Dawson Mercer, de Nova Jersey, aos 4:27 do primeiro período, depois que Coyle acertou Brendan Smith, dos Devils, nas tábuas.

“Foi mais emoção do que qualquer outra coisa”, disse Laviolette sobre sua explosão. “Acho que os caras lutaram muito um pelo outro.”

___

PI NHL: https://www.apnews.com/hub/NHL

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *