Oficial diz que soldado dos EUA detido na Rússia se declara culpado

Gordon Black, um soldado do Exército dos EUA, foi preso no leste da Rússia em maio.

LONDRES – Gordon Black, um soldado americano detido na Rússia, se declarou culpado de roubo, confirmou uma autoridade russa à ABC News.

O Departamento de Assuntos Internos do Território de Primorsky disse à ABC News que Black se declarou culpado e está cooperando com a investigação.

“Black se declarou culpado e está cooperando com a investigação. O contato está sendo feito com a ajuda de um tradutor de inglês. A investigação está em andamento”, disse Irina Serova, representante do departamento, em telefonema à ABC News.

Black foi preso em Vladivostok, na Rússia, no início deste mês sob a acusação de má conduta criminosa, segundo os militares dos EUA. Ele deverá permanecer detido pelo menos até 2 de julho, de acordo com o tribunal. Seu advogado recorreu da decisão de prisão na semana passada.

Duas autoridades dos EUA disseram à ABC News este mês que Black, um sargento, estava estacionado na Coreia do Sul antes de sair de licença temporária. As autoridades disseram que ele não tinha permissão para viajar para a Rússia.

Black viajou para a Rússia para visitar sua namorada, disse a mãe do jovem de 35 anos, Melody Jones, à ABC News na semana passada.

A TASS informou na quinta-feira que Black teve uma discussão com a mulher enquanto a visitava em Vladivostok, uma cidade no extremo leste, perto da fronteira com a China e a Coreia do Norte.

READ  O desaparecimento de um helicóptero pertencente às Forças Democráticas Sírias perto de Okinawa com 10 pessoas a bordo

“Depois que Black saiu, seu amigo descobriu o dinheiro desaparecido e pediu ajuda às autoridades”, relatou a TASS. “A polícia encontrou o suspeito do roubo em um hotel da cidade.”

Black comprou um voo de volta, disse a agência.

Eli Koffma, Joe Simonetti, Leah Sarnoff, Mark Guarino e Anne Flaherty da ABC News contribuíram para este relatório.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *