Os Cowboys dispensaram Michael Gallup e Leighton Vander Esch

Os Cowboys dispensaram o wide receiver Michael Gallup e o linebacker Leighton Vander Esch com uma falha física, anunciou o time. Ambos os movimentos eram esperados.

Os Cowboys deram permissão ao Gallup para buscar uma troca, mas, como também esperado, ninguém quis aceitar seu contrato. Gallup tinha três anos restantes em seu contrato atual, com limites máximos de US$ 13,850 milhões, US$ 15,850 milhões e US$ 15,850 milhões.

Ele tinha uma garantia de lesão de US$ 4 milhões para 2024, que recebeu garantia total na próxima semana.

Os Cowboys provavelmente designarão Gallup como corte após 1º de junho, de acordo com o site do time, economizando US$ 9,5 milhões em espaço este ano. No entanto, a Gallup contará US$ 8,7 milhões em dinheiro morto em 2025.

Ele não tem sido o mesmo desde que rompeu o ligamento cruzado anterior durante a temporada de 2021. Nas últimas duas temporadas combinadas, Gallup teve 73 recepções para 842 jardas e seis touchdowns no total.

As lesões no pescoço de Vander Esch deverão forçá-lo a se aposentar.

O jogador de 28 anos, 19ª escolha geral em 2019, está saindo após 65 partidas, 469 tackles, 13 passes interrompidos e três interceptações. Ele ganhou seu único Pro Bowl como titular.

Os Cowboys terão US$ 2,2 milhões em dinheiro morto, mas economizarão outros US$ 2,2 milhões.

READ  Um jogador de futebol morre após uma grande briga durante a partida devido a um desentendimento com a decisão do árbitro

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *