Ucranianos em Sacramento e em todo o mundo celebram o Natal em dezembro

SACRAMENTO — Uma nova lei assinada pelo presidente da Ucrânia marca um grande afastamento da Igreja Ortodoxa Russa, à medida que a guerra se intensifica na Ucrânia nesta época de festas.

Padre Miroslav Turchak lidera os serviços religiosos na Igreja Ortodoxa Ucraniana da Santíssima Trindade em Sacramento. Um capelão militar de Donetsk, devastada pela guerra, aguarda com expectativa as mudanças que estão por vir.

“Fazemos parte da sociedade americana e gostamos de celebrar o Natal com todos nós [of the] Igrejas cristãs aqui nos Estados Unidos”, disse o Padre Turczak através de um intérprete.

Neste verão, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, assinou uma lei que transfere o tradicional feriado de Natal de 7 de janeiro para 25 de dezembro. As igrejas ucranianas em todo o mundo celebram agora o Natal em dezembro.

É uma medida adotada por Svetlana Iutko, da Fair Oaks.

“Agora, devido à invasão da Ucrânia pela Rússia, as pessoas não querem seguir esta tradição soviética e não celebrarão o Natal no dia 7 de Janeiro”, disse Iutko.

Iutko e sua família deixaram a Ucrânia pouco antes do início da guerra. Ela se considera sortuda.

Nesta época de festas, ela tem pequenos lembretes em sua árvore de Natal sobre a situação atual em seu país natal.

Entretanto, para os refugiados ucranianos que ainda chegam à área de Sacramento, as igrejas tornaram-se a sua segunda casa.

“Todo mundo que vem para um novo país sempre tenta encontrar algo familiar, e a coisa mais familiar para nós é a nossa igreja”, disse o Padre Turczak.

À medida que o conflito na Ucrânia chega ao seu segundo ano, neste feriado de Natal, os ucranianos rezam para que a vitória chegue em breve.

READ  O primeiro-ministro espanhol Sanchez propõe abandonar o empate para economizar energia

A comunidade ucraniana local planeja marchar no Capitólio do Estado da Califórnia no domingo para aumentar a conscientização sobre o conflito na Ucrânia e a necessidade de mais apoio. O público está convidado a participar.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *