Um pedido de verificações de segurança enquanto um incêndio em depósito de combustível mata 13 na Indonésia | Notícias

Um oficial do corpo de bombeiros disse que duas crianças estavam entre as vítimas e outras 50 foram levadas ao hospital, algumas com queimaduras graves.

As autoridades indonésias pediram uma investigação e auditoria das instalações da empresa estatal de energia Pertamina depois que um incêndio em sua estação de armazenamento de combustível matou 13 pessoas.

O incêndio começou por volta das 20h (01:00 GMT) na sexta-feira a partir de um cano de combustível no depósito de combustível Pertamina, na capital Jacarta, se espalhando rapidamente para casas próximas e deixando os moradores da área densamente povoada em estado de pânico.

As autoridades inicialmente estimaram o número de mortos em 17, mas depois o revisaram para 13. Dezenas de feridos e centenas evacuados. Abdul Wahed, um oficial dos bombeiros do norte de Jacarta, disse que o fogo foi apagado nas primeiras horas da manhã de sábado.

“Ordenei à Pertamina que investigue este caso minuciosamente”, disse o ministro das Empresas Estatais, Eric Thuhir, em sua página no Instagram.

“Deve haver uma revisão operacional”, acrescentou.

Sojing Subaruto, que chefia o comitê parlamentar de energia do país, pediu uma revisão de todas as instalações da Pertamina.

“Todas as instalações, sejam refinarias ou armazenamento, devem ser revisadas novamente”, disse ele à KompasTV, lembrando que a Pertamina tem frequentemente sofrido acidentes de incêndio em suas instalações. Sujing também disse que deveria haver mais distância entre depósitos de armazenamento em Pertamina e áreas residenciais.

“Para uma instalação com a capacidade da Bloomang, deveria haver pelo menos um a dois quilómetros de distância com a área residencial”, disse.

Plumpang, com capacidade de armazenamento de mais de 300.000 quilolitros, é um dos maiores postos de gasolina de Pertamina.

READ  Rússia dispara drones e mísseis em Kiev após explosão do Kremlin: atualizações ao vivo
Bombeiros combatem um incêndio no depósito de combustível Pertamina em Jacarta [Willy Kurniawan/Reuters]

Moradores locais disseram que sentiram o cheiro do combustível cerca de 30 minutos antes do início do incêndio, disse Abdul Sikur, que mora nas proximidades, à KompasTV.

“O cheiro era tão forte que as pessoas vomitaram e algumas desmaiaram”, disse ele.

O gerente distrital de Pertamina, Eko Kristiawan, disse que a investigação preliminar mostrou que o incêndio começou quando um oleoduto quebrou durante uma chuva forte, possivelmente devido a um raio.

Embora o posto forneça 25 por cento das necessidades de combustível da Indonésia, ele disse que o incêndio não interromperá o abastecimento de combustível do país.

O ministro Zaheer expressou suas condolências às vítimas e suas famílias. O CEO da Pertamina, Nicke Widyawati, também se desculpou pelo incêndio e disse que a empresa “pensaria internamente para evitar que incidentes semelhantes aconteçam novamente”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *